O artista plástico Jonathan Brand, do Brooklyn, EUA, recriou um Mustang 1969 utilizando nada mais do que papel! A réplica tem o tamanho real da máquina e foi impressa numa impressora jato de tinta de grande formato.

Apesar de perfeito, o trabalho final não será montado como um veículo inteiro, permanecerá em exposição em partes separadas. Quem estiver em Nova York até o dia 29 de outubro, inclusive, vai poder ver de perto na Galeria Hosfelt, numa mostra intitulada “One Piece at a Time”.

LEIA MAIS: Geeks recriam modelo icônico da Mercedes em sucata

Além da obra de arte, o carro tem valor especial para o artista de 31 anos: ele passou cinco anos de sua vida restaurando um modelo semelhante, porém de verdade. Mas, depois de pronto, acabou vendendo o carro real para comprar um anel de noivado de diamante. Outra ligação de Jonathan com o Mustang é que seu avô trabalhou em uma linha de montagem de automóveis em Detroit. 

Veja as fotos do carro de papel na galeria. 

Sem mais artigos