Difícil acreditar que o pet das duas fotos acima é o mesmo.

Ellie Mae é uma cadela da raça shih tzu, com quase 5 quilos. Mas após ter sido negligenciada por tanto tempo, seus pelos se emaranharam e viraram uma ‘carcaça’ de 4 quilos, já as unhas chegaram a medir quase 18 centímetros. Ela foi resgatada a tempo pelo abrigo Nebraska Humane, localizado em Omaha, nos Estados Unidos, e passou por uma transformação quase inacreditável.

O caso foi publicado no Twitter da organização na última semana e descrito como “o pior emaranhado de pelos” já testemunhado por eles.

Ellie Mae foi encontrada na casa de sua falecida dona quando uma equipe foi limpar o local. Ela precisou ser transportada em uma bolsa, pois já não conseguia se locomover por causa do peso de seu pelo.

Ao chegar à organização, a equipe precisou de uma hora para remover o emaranhado, mas a veterinária Amber Horn não sabia o que encontraria por baixo de tantas camadas. O animal tinha uma pata infectada, precisava de uma cirurgia de hérnia, trabalho odontológico, e possuía artrite nas costas por ter passado muito tempo sem andar. Por sorte, a circulação nas patas não foi afetada e a veterinária não precisou amputá-las.

“O cenário estava tão ruim que precisamos anestesiá-la para começar a tosa. Mas a dosagem do anestésico é baseada no peso do animal e não dava para saber qual era o peso real dela… Então nosso técnico precisou fazer uma estimativa e ser muito cuidadoso”, contou Pam Wiese, porta-voz da Nebraska Humane, ao site Bored Panda.

A transformação completa durou 5 horas, de acordo com o post. Logo em seguida, Ellie Mae foi levada para dar seus primeiros passos. Apesar dos tropeços iniciais, a cadelinha se recuperou bem e ganhou força em apenas duas semanas.

Acompanhe este antes e depois inacreditável:

Sem mais artigos