Um casal francês gastou € 6 mil, aproximadamente R$ 39 mil, para comprar um gato raro. No entanto, após uma semana de convivência, eles descobriram que o felino era, na verdade, um filhote de tigre de Sumatra. O “acidente” culminou na prisão de nove pessoas.

O caso ocorreu em 2018. Segundo os procuradores, a dupla encontrou o filhote de gato Savannah, que é uma das raças mais caras do mundo, em um anúncio online. Eles fecharam negócio e o buscaram na cidade de Le Havre. Na época, o animal tinha três meses.

O gato Savannah é resultado do cruzamento de um gato doméstico com o serval.

Gato Savannah

A família conviveu com o “pet” por uma semana, mas logo chamou a polícia ao suspeitar que poderia ter recebido um animal diferente do encomendado. E eles tinham razão: na realidade, tratava-se de um filhote de tigre de Sumatra, espécie nativa da Indonésia que corre risco de extinção. A descoberta desencadeou em uma investigação que viria a durar dois anos.

Nesta semana, nove pessoas foram presas, incluindo o casal, por tráfico de animais. O tigre está sendo supervisionado pelo Gabinete de Biodiversidade da França.

 

Sem mais artigos