O fotógrafo Henry Hargreaves encontrou inspiração em algo inusitado para criar um projeto artistico. O americano decidiu recriar a última refeição pedida por prisioneiros condenados à morte e eterniza-las em fotografias. 

 

Ele pesquisou e escolheu os pedidos mais estranhos registrados nas prisões dos EUA. Cada refeição foi meticulosamente recriada no estúdio de Henry, que gastou algumas centenas de dólares comprando os ingredientes necessários, mas no fim, se deliciou saboreando as iguarias. 

Entre os pratos estão peculiaridades como uma única azeitona, sorvete de menta com chocolate, lagosta e até asinhas de frango do KFC. Já na lista dos condenados estão serial killers famosos como John Wayne Gacy e Ted Bundy.

Nos EUA é tradição permitir aos condenados à morte solicitarem uma última refeição, que custe até US$ 40. Normalmente os próprios presos recusam qualquer tipo de bebida alcoólica. 

“Quando você lê sobre os condenados à morte, eles deixam de ser apenas nomes es estatísticas. Uma vez que descobri sobre o que comeram em sua última refeição, eles pareciam começar a ganhar vida. Eu pude sentir um pouco de sua personalidade”, disse o artista ao “Daily Mail“.

Henry foi a presídios diferentes em estados e épocas distintas, e tudo isso pode ser observado em suas obras. “É um novo olhar sobre o ritual tradicional. Tentei mostrar a perspectiva do preso ao sentar para degustar sua última refeição”, explica.  

Veja na galeria os pratos retratados pelo fotógrafo. 

Sem mais artigos