Barbie, aquela boneca de plástico loira e esquelética, já foi princesa, já usou roupas de grife e já colocou ou os mais diferentes tipos de uniforme de mulher trabalhadeira. O que faltava? Faltava ela se vestir como personagens religiosos. A dupla de artistas argentina Pool&Marianela, formada por Pool Paolini e Marianela Perelli, produziu uma série de bonecos da Barbie e de seu namorado Ken com “cosplays” de Virgem Aparecida, Buda, Iemanjá e outros.

As Barbies e Kens serão expostos a partir de sábado (11) na galeria Popa, em Buenos Aires e já têm causado polêmica no país vizinho. As autoridades de San Juan, cidade onde fica o “santuário” de bonecas, já contataram os artistas para pedir explicações.

Os artistas dizem não ter nada contra religiões. “Em um mundo que nos premia por pensar, agir e sentir da mesma forma, Marianela e Pool se rebelam reafirmando-se diferentes. Eles usam o humor para enfatizar a sua desconexão com um universo histórico, político e religioso”, justificam em sua página no Facebook.

Sem mais artigos