Ao menos 30 mortos e 50 feridos em atentado suicida nesta sexta-feira em uma mesquita da localidade tribal paquistanesa de Khyber, região que faz limite com o Afeganistão, informou um policial à Agência Efe.

A explosão ocorreu durante a reza da sexta-feira em um templo nos arredores da cidade de Peshawar e a poucos quilômetros da fronteira afegã.

Centenas de pessoas estavam rezando na mesquita no momento da explosão às 13h45 no horário local (5h45 de Brasília). O teto do prédio desabou com deflagração.

Diante da falta de hospitais na região, parte dos feridos foi levada para Peshawar, capital da província noroeste de Khyber-Pakhtunkhwa. O atentado coincide com a celebração do mês do Ramadã.

Em Khyber fica a principal passagem terrestre entre o Paquistão e o Afeganistão, caminho prioritário do grosso das provisões para as forças internacionais presentes no país vizinho.

A área é refúgio de grupos talibãs e mafiosos que atuam nos dois países.

Atentado suicida em mesquita deixa 30 mortos no Paquistão

Sem mais artigos