Uma mulher foi julgada na Austrália esta semana após ser acusada de invadir a casa de um homem e estupra-lo. Rebecca Helen Elder, de 39 anos, apesar da denúncia, se declarou inocente ao júri. 

 

Segundo os documentos de acusação apresentados ao tribunal, os crimes ocorreram entre 20 e 23 de setembro do ano passado na cidade de Adelaide.

No julgamento, os promotores alegaram que a mulher entrou na casa da vítima – que não foi identificada – com intenção de cometer o crime sexual. Eles também afirmaram que o estupro ocorreu, pois Rebecca realizou sexo oral sem o consentimento do homem. 

O juiz Wayne Chivell consentiu a liberdade provisória da acusada sob pagamento de fiança. No entanto, o julgamento continuará no próximo mês. 

Sem mais artigos