Bandidos armados com fuzis invadiram nesta sexta-feira (04) uma escola no bairro de Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, para escapar de um cerco policial, provocando pânico entre alunos e professores.

O incidente no Colégio Estadual Professor Daltro Santos motivou um tiroteio entre policiais e bandidos, que liberaram os alunos, orientados a voltar para casa.

LEIA TAMBÉM: Garoto de dez anos atira contra professora e se mata em São Caetano

Segundo a Polícia Militar, um número indeterminado de bandidos tentava fugir de um cerco policial contra a organização criminosa que controla o tráfico de drogas na favela da Coreia, localizada próxima ao colégio.

Os criminosos pularam o muro da escola e chegaram a entrar nas salas de aula e a ameaçar alunos e professores, mas sem dar tiros.

A Polícia Militar cercou a escola e determinou o esvaziamento da instituição para revistar sala por sala sem colocar em risco a vida dos estudantes.

Nessa operação, um bandido foi preso, enquanto outros conseguiram fugir, alguns possivelmente escondidos entre os alunos que saíam às pressas da escola.

Segundo a Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro, não houve feridos nem danos ao patrimônio ou furto de equipamentos, mas as salas de aula foram suspensas como medida preventiva.

A Secretaria explicou em comunicado que pediu a intervenção da Secretaria de Segurança Pública do estado “para que sejam adotadas todas as medidas possíveis para garantir a integridade física e moral de alunos, professores e funcionários”.

Sem mais artigos