O famoso bar Floridita de Havana, o preferido do escritor americano Ernest Hemingway para beber daiquiri, preparará a maior versão do coquetel durante as comemorações de seu 195º aniversário em 2012, que possivelmente entrará para o livro dos recordes “Guinness”.

As celebrações começaram um ano antes, uma delas, a 3ª competição do “Rei do Daiquiri”, organizada nesta semana com a participação de 12 especialistas para mostrar suas contribuições à receita do drink criado há 110 anos.

O daiquiri combina rum branco cubano com suco de limão, açúcar, umas gotas de licor Maraschino e para completar, gelo para dar a consistência de frapê.

O vencedor desse desafio foi o coqueteleiro Pedro Tejeda com a sua criação chamada “Daiquiri Tamarindo”.

A organização do centro gastronômico havanês, um dos mais visitados por turistas, anunciou que para a edição de 2012 pretendem reunir coqueteleiros de toda a ilha e do Reino Unido, Espanha e México.

O romancista Ernest Hemingway (1899-1961) é considerado seu cliente mais antigo e foi homenageado com uma escultura de tamanho real do escritor que desde 2003 foi colocada ao lado do bar.

Hemingway costumava pedir uma dose dupla de rum e tirou o açúcar da receita original do daiquiri que costumava beber até 12 copos encostado no balcão do local, aberto em 6 de julho de 1817.

Bar cubano preparará o maior daiquiri do mundo em 2012

Sem mais artigos