Um bebê do Paquistão, nascido na semana passada, veio ao mundo com três pares de pernas. Segundo os médicos, que tentam salvar a vida da criança, o garoto nasceu com uma rara doença genética provocada, possivelmente, pela gestação de gêmeos, cuja má formação, resultou no que conhecemos como gêmeos parasitas.

 

O diretor do hospital onde o menino nasceu, e está na UTI desde então, Jamal Raza, planeja operar o bebê e quer ajuda de especialistas estrangeiros com mais experiência em casos do tipo. Segundo o médico, o pequeno não tem seis pernas, tem apenas duas e as outras quarto pertenciam ao irmão, ou irmãos gêmeos. 

“Operar um bebê não é tarefa fácil, pois são necessárias avaliações adequadas primeiro. Precisamos descobrir se os membros são seus ou de seu irmão gêmeo. Também precisamos considerar quanto os órgãos internos se desenvolveram e como isso poderia complicar as coisas, diminuindo a chances de sobrevivência”, disse Jamal à “News.com”.

Segundo o jornal, este é o primeiro caso de um bebê nascido com seis pernas no Paquistão. Para os médicos, o caso é um desafio tanto para eles quanto para a ciência.
Os pais da criança, que não têm recursos para bancar o tratamento, fazem um apelo para os filantropos que puderem ajudar à custear as despesas. 

Sem mais artigos