Aproveitando o fuzuê provocado por Barack Obama ao anunciar a morte de Osama Bin Laden, nosso fotógrafo Gabriel Quintão lembrou de uma boa passagem do filme Tiros em Columbine (Bowling for Columbine), de Michael Moore.

O documentário mostra a relação dos americanos com a indústria bélica, e quem ganha com isso. Nesse trecho especificamente, os desenhistas de South Park usam a linguagem dinâmica e irônica que tanto gostamos para contar um pouco da história dos Estados Unidos. Claro que a narrativa privilegia a parte que fala sobre terrorismo, preconceito e violência dos próprios americanos.

Mas, né…

Breve história da paranóia dos EUA

Sem mais artigos