Quem?!?! Ex-garota de programa e escritora

FILME
Emílio: E o filme é “Bruna Surfistinha” e ta a maior bilheteria?
Bruna: É, estamos em primeiro ou segundo lugar, com quase dois milhões de expectadores. No primeiro final de semana, de estreia, passou o Justin Bieber, que era uma das nossas preocupações, que estreava no mesmo dia. E nós tivemos mais que o dobro de expectadores que o Justin.

BLOG
Emílio: Foi a internet que te deu essa visibilidade né? Você ficou famosa.
Bruna: Foi a grande sacada que eu tive, uma boa idéia no momento certo. Que foi a vontade de criar um blog. Embora eu não tivesse essa pretensão de ficar conhecida com o blog, foi um processo natural, que despertei a atenção da mídia, e foi uma boa idéia, que tudo começou por causa do blog e da internet.

MACHISMO
Pior: Você não acha que mesmo o casal se dando bem na cama, não significa que o cara vá ser fiel e não vá buscar outra coisa.
Bruna: Os homens conseguem separar amor de sexo com uma facilidade incrível. Para eles, o fato de buscar sexo com uma outra mulher não é traição, afinal não há um envolvimento emocional, mas ai tem outra coisa. A sociedade ainda é muito machista. Então o homem acha que fazer sexo com outra parceira não é traição. Mas direitos iguais, se a mulher dele também pode ter outros parceiros, aí já não pode. O fato de o homem ter várias parceiras, além da fixa ele é o macho, tem instinto masculino e tudo bem. A mulher que procura vários parceiros é vagabunda, não presta, é traíra.

Sem mais artigos