“Na hora do fechamento, a cabeça de um rinoceronte Diceros bicornis (de dois chifres) que ficava em exibição na galeria dos mamíferos foi roubada por três pessoas”, afirmou o Museu de História Natural de Bruxelas, Bélgica, em comunicado.

Os ladrões correram direto para um carro que os aguardava do lado de fora do museu e conseguiram fugir. Os guardas do museu perseguiram os criminosos, mas não chegaram a alcançá-los.

Rinocerontes são comumente caçados por causa dos seus chifres, feitos de queratina e vendidos no mercado negro para fins medicinais e ornamentais. Duas espécies de rinoceronte africano e também os animais da Sumatra possuem dois chifres, enquanto os rinocerontes da Índia e da Ilha de Java têm um só.

Sem mais artigos