Um filhote de labrador, nascido em Lancashire, no Reino Unido, foi batizado como Hulk. O bebezinho nasceu com pelos verdes e, por isso, ganhou o nome do famoso herói dos quadrinhos. Segundo seus donos, Naomi Grimes e Kyle Murray, Buttons, a mãe dos filhotes, deu à luz oito cachorrinhos adoráveis e um deles nasceu com a coloração diferente. 

Depois de uma busca rápida na internet, Naomi descobriu que Hulk nasceu como uma condição rara, que ocorre quando a mãe dos filhotes é exposta, durante a gravidez, à uma substância chamada biliverdina. A matéria chega à placenta e acaba dando a coloração diferente aos filhotes muito claros. De acordo com o “Daily Mail”, a condição não é prejudicial ao cachorrinho. 

“No início, pensamos que a cor era por causa do parto, que bastaria lavá-lo e aquilo sairia. Mas quando isso não funcionou, ficamos um pouco alarmados e fomos pesquisar na internet”, disse a senhora Grimes.  

Na pesquisa que fizeram, a família descobriu que a coloração de Hulk desbotará em poucas semanas. “Ele é adorável. Mas não é possível ver sua cor tão facilmente. Para isso, é preciso colocá-lo junto aos seus irmãos, aí ele se destaca”, explica a dona do cãozinho, que disse preferir não se apegar aos filhotes, pois eles serão vendidos. “Nós tentamos nem nomeá-los, mas Hulk é realmente fofinho”, derrete-se. 

Esta não é a primeira vez que um cachorrinho nasce verde. Em 2010, uma labradora deu à luz a um cachorrinho colorido em Mairinque, interior de São Paulo. O bichinho também foi batizado como Hulk, mas deixou de ser verde em dez dias. 

Veja na galeria de imagens outros animais que sofreram alterações em suas cores originais.  

Sem mais artigos