Ao acompanhar o nascimento de uma ninhada de oito cães, a americana Shana Stamey levou um susto quando o quarto filhote chegou. “Eu surtei porque ele era verde”, contou a moradora de Canton, cidade localizada na Carolina do Norte, ao noticiário News 4 JAX.

O cão de aparência incomum é filhote de uma pastor-alemão branca que deu à luz pela primeira vez na última sexta-feira (10). Apesar da surpresa, todos os novos membros da família nasceram saudáveis.

A cor chamativa e o apetite do pequeno lhe renderam o nome de Hulk: “ele era verde limão e bravo, então se tornou Hulk”, contou a dona com orgulho.

Mas a cor não é ‘coisa de outro mundo’ e nem tem a ver com uma mutação. O Hulk da Carolina do Norte pode ter adquirido o tom esverdeado por causa de líquidos presentes no útero. “Pode haver mecônio [primeiras fezes eliminadas pelo filhote] na bolsa que o envolve enquanto ainda está dentro da mãe e isso tende a manchá-lo”, explicou a técnica em veterinária Suzanne Cianciulli ao noticiário. Ela afirmou que a cor deve desaparecer em algumas semanas.

Sem mais artigos