A história a seguir daria um belo filme daqueles que enchem os olhos d’água no final. Aconteceu em Durban, na África do Sul. Esses dois cães vira-latas estavam vagando pela linha do trem quando um deles (a cadela caramelo) acabou sendo atropelado pela composição.

O cão branco, também sem raça definida, mas com traços de Golden Retriever, se manteve ao lado da companheira o tempo inteiro. Ele só saiu de lá para se alimentar, e voltou ao local com comida para a parceira que já não conseguia mais se movimentar por causa da lesão do atropelamento.

A Sociedade Protetora dos Animais (SPCA) apelidou o cão de Hero. Um agente foi ao local e levou a cadela para um hospital veterinário para que ela recebesse tratamento adequado. Infelizmente, a lesão na coluna era muito grave, e ela teve que ser sacrificada.

Sem mais artigos