Acabou o combustível? Vá ao banheiro! Essa é a ideia dos criadores do Bio-bug, um modelo modificado do New Beetle conversível, da Volkswagen. Ele foi adaptado para rodar usando o gás metano que vem do esgoto.

O gás produzido pela descarga de 70 casas da cidade inglesa de Bristol foram suficientes para abastecer o veículo por um ano (16 mil km)!

E pode ficar tranquilo, o gás não vai ser fedido, uma vez que é um derivado do tratamento do esgoto. Se bem que com tanta fumaça e poluição não faria tanta diferença, faria?

E a melhor notícia de todas, a performance do veículo não é comprometida. Uma nova tecnologia no processo de “purificação” do metano retira todo o dióxido de carbono. “Os motoristas não vão nem perceber a diferença”, afirma Mohammed Saddiq, porta-voz da GENeco, empresa de energia sustentável que desenvolveu o protótipo que já dá suas voltas pela cidade de Bristol.

Sem mais artigos