Um casal americano, colecionador de coelhos (vivos e em formato bibelô), é tão apaixonado por seus animais, que, quando estes morrem, congelam os orelhudinhos para mantê-los por perto para sempre. 

Candace Frazze e Steve Lubanski estão no Guinness Book, o livro dos recordes, como os maiores colecionadores de coelhos do mundo. São 28.500 itens convivendo com o casal em sua casa na Califórnia, o lar, inclusive, virou uma espécie de museu a partir de 1998, onde tudo têm orelhas – de utensílios de cozinha a artigos de higiene. 

A “obsessão” começou quando os dois ainda namoravam e foi apresentada ao Reino Unido, esta semana, no programa “My Crazzy Obsession”, do canal TLC. Candace chamava Steve de “Hunny Bunny” (algo como ‘coelhinho querido’), comprou um animalzinho da espécie para ele e, desde então, um passou a presentar o outro com coisas temáticas quase que diariamente. 

Quando o animalzinho de estimação morreu, eles decidiram congelá-lo, para um dia poder empalhá-lo com um taxidermista profissional. Hoje já são três bichinhos no freezer, mais uma fatia do bolo de casamento dos dois (que está lá há 19 anos). 

Sem mais artigos