Sophie tem 4 anos e Sarah 2. As duas são praticamente “modelos”, com centenas de fotos espalhadas pela internet, com caras bocas e pelos. Sim, pois apesar de parecerem humanas, elas são duas cachorrinhas da raça Sheepdog – que aqui no Brasil ficaram conhecidos como “Priscila”, por causa do programa infantil “TV Colosso”.

Os responsáveis pelas imagens da duplinha são seus donos, Cees Bol e Hanneke van de Watering, um casal que vive em Sibculo, um pequeno vilarejo na Holanda

“Nós vivemos na parte leste da Holanda, perto da fronteira alemã. Com vários bosques na vizinhança e a virada das estações, há sempre muito tempo para uma boa caminhada. Sempre fazemos isso junto com nossos cães. Também organizamos passeios em diferentes épocas do ano com outros amantes de Sheepdogs”, contou Cees Bol ao “Daily Mail”.

Por gostar muito de fotografia, paisagens e natureza, o holandês, de 45 anos, decidiu unir isso a sua outra paixão, os animais de estimação. “Ao longo dos anos, construímos um bom relacionamento com os cães, eles têm um caráter maravilhoso, são muito dóceis. Hoje em dia temos apenas dois cachorros, mas sempre tivemos animais desta raça. Não fazemos reprodução ou exposição deles, apenas gostamos de nos divertir. Eles escutam muito bem e sabem o que fazer. Muitas vezes fazem pose antes mesmo de pedirmos. Somos uma boa equipe”, brinca.

Cees Bol explica que começou a postar a fotos de Sophie e Sarah apenas por diversão, mas quando percebeu que as imagens alegravam as pessoas, ganhou um incentivo maior para divulgá-las. “Uma das razões de eu gostar de postar as fotos na internet foi ter percebido que isso pode fazer as pessoas sorrirem. Só de olhar para elas as pessoas se sentem mais felizes. Tenho tido uma boa resposta com as postagens e me sinto feliz com essa troca. Às vezes, recebo e-mails de pessoas que dizem olhar para as fotos quando estão se sentindo para baixo, pois isso faz com que se sintam melhor”.

Tanto as pessoas que escrevem os e-mails como o criador das cadelinhas, têm razão, pois o assunto já foi tema de pesquisas, que chegaram a conclusão de que ver animais fofinhos na internet deixam as pessoas, realmente, mais felizes e menos estressadas. 

“Sophie e Sarah são cães felizes e isso pode ser notado nas fotos. As pessoas gostam de ‘assistir’ suas aventuras. Nós fazemos o nosso melhor para colocar um sorriso ou um ‘awwww’ no rosto de quem vê as fotos”, conclui. Parece que estão realmente fazendo um bom trabalho não é mesmo?

Veja as fotos na galeria acima para entender a afirmação de Cees Bol. 

Sem mais artigos