Jornalista, apresentador, locutor e ator.

TELEVISÃO

Emilio: Ultimamente os caras se aproveitam da televisão. É difícil achar alguém que se profissionalizou na televisão.
Cesar: Sim, sem dúvida.
Emilio: Hoje em dia eles pegam uma modelo, um cara bonitão. Mas são fracos, tipo Amanda Ramalho.
Amanda: Eu não sou bonita!
Emilio: Não, você é feia, por isso não está na televisão.
Daniel: Um beijo para as feias.
Emilio: Na rádio ela entrou e se acha o Eli Corrêa. Entrou no Pânico e se acha o Eli.
Amanda: Mas eu sou boa.
Cesar: É boa sim.
Amanda: Obrigada.

FANTÁSTICO

Emilio: Você apresentou o Fantástico, né?
Cesar: Sim, apresentei junto com o Sergio Chapelin.
Bola: Caramba!
Emilio: E agora tá fazendo o maior sucesso o Globo de Ouro.
Evandro: To assistindo, Emilio!
Amanda: Ele e a Claudia Raia. Que cabelo!
Cesar: Na verdade começou eu e a Isabella Garcia. Depois entrou a Claudia Abreu. Ficou um tempo e saiu para fazer “Que Rei Sou Eu”, depois entrou a Claudia Raia. Depois eu saí.
Evandro: Bem antes era a Mirian Rios.
Cesar: Mirian Rios e Tony Ramos. Eu sugeri fazer uma coisa diferente para ficar diferente da época deles e o Denis (Carvalho) e ele acabou aceitando, ficou algo mais divertido.

PEGADOR

Cesar: Não vou negar. Eu tive a minha fase de garoto, um pouco moleque.
Amanda: Moleque Piranha.
Cesar: Poxa, eu morava em São Paulo e fazia a TV mulher de segunda à sexta.
Emilio: Pegou a Gabi.
Garoto Xuxa: Qual Gabi? Cesar: Não é verdade.
Emilio: É verdade sim. Não é, meu menino? Vem cá meu menino!
Cesar: Olha que vida feliz.
Emilio: E o Clodovil ficava com ciúmes.
Daniel: Tem uma lista vasta.
Cesar: Eu pegava o avião na sexta e ria pro Rio de Janeiro. Jovem e fazendo sucesso, imagine como era a minha vida no Rio.
Amanda: Quem era pior, você ou o Surita?
Cesar: O Emilio trabalha das 22h às 2h e apareciam muitas meninas jovens naquele horário. Ele falava que elas faziam estágio.
Daniel: Estágio. Vou te ensinar a pegar no microfone.

Sem mais artigos