Um empresário chinês parece ter descoberto uma verdadeira mina de ouro, ou melhor, de chá. An Yanshi preparou uma plantação de folhas que podem produzir o chá mais caro do mundo. O segredo da tal bebida? As plantas são cultivadas à base de fezes de panda.

 

Explica-se: o terreno onde as ervas estão plantadas foi adubado com as fezes dos ursos, que é extremamente rica em nutrientes, devido a sua saudável alimentação. O adubo originário dos pandas custa R$ 6.800 o lote com 50 g, o que inflaciona o preço do produto final. 

Segundo o produtor, cada xícara do chá oriundo desta empreitada custará em média R$ 360. Caso a ideia dê certo (por enquanto é apenas um teste), o preço da iguaria deve baixar. 

Para amenizar um pouco o choque das pessoas, o empresário pretende reverter parte dos lucros de sua plantação a instituições ligadas a causa ambiental. 

Assista ao vídeo promocional do produto:

Sem mais artigos