A companhia aérea AirAsia decidiu ligar o ar condicionado no máximo de sua potência para forçar o desembarque dos passageiros de uma de suas aeronaves, na última terça-feira (19). O voo doméstico entre Calcutá e Bagdogra, na Índia, já havia pousado com quatro horas e meia de atraso. A forte chuva do lado de fora fez com que os passageiros esperassem para descer, mas apressada, a tripulação usou o ar condicionado para obrigá-los a sair do avião.

“Foi muito assustador porque o avião se encheu de fumaça e começou a sufocar. Isso foi rude e nada profissional”, disse um dos passageiros ao site indiano Press Trust.

Em comunicado enviado ao site inglês Independent, a companhia aérea se desculpou pelo “inconveniente” causado aos clientes. “Não há perigo para as pessoas que estão a bordo mesmo que o ar que circulava tivesse se condensando. Isto é um procedimento normal quando o ar condicionado é operado em situações de alta umidade”, diz a nota.

Um dos passageiros publicou vídeo em que é possível ver a fumaça saindo do ar condicionado e a tensão das pessoas a bordo.

Sem mais artigos