Poderia ser um truque de mágica, mas é pura tecnologia. O escritório de arquitetura GDS começou a construir a primeira torre “invisível” do mundo nos arredores de Seul, na Coréia do Sul. A Torre do Infinito será uma estrutura de vidro de 450 metros de altura e terá uma série de mecanismos de iluminação em LED e câmeras para criar uma “pele refletora” para fazê-lo desaparecer.

O escritório começou o projeto em 2004, porém só agora foi dado o aval para o início da construção. A construção faz parte de um complexo de entretenimento que contará com uma montanha-russa, parque aquático, restaurantes, buffets e jardins paisagísticos. Ficará no meio do Distrito Internacional de Comércio de Yongsan, próximo ao aeroporto.

O edifício será um dos 10 mais altos do mundo e terá a segunda plataforma de observação mais alta, com 392m acima do solo.

“No lugar de simbolizar proeminência como as outras torres mais altas do mundo, ele se diferencia por celebrar a comunidade global, retirando o foco de si mesmo”, disse através de um comunicado o escritório GDS. “A torre sutilmente demonstra o crescimento da Coréia do Sul, estabelecendo sua poderosa presença através da possibilidade de desaparecer”,  explica o mesmo comunicado.

A tecnologia de LED e projeções pretende também aumentar as experiências dos usuários. 

“As pessoas que  forem à plataforma de observação, começarão a experiência já nos elevadores pois todas as paredes se transformarão em ponto de vistas reais de vários lugares do mundo”, disse Michael Collins o Associado Sênior do GDS.  “Esta experiência simulada não pretende substituir uma experiência real, mas inspirar as pessoas a viajar para estes lugares e conhecer o mundo”, completou.

Sem mais artigos