Quando policiais de Clear Water, Florida, abriram a unidade B8 de um depósito para fazer um leilão, foram surpreendidos com o que encontraram: um caixão azul com um corpo dentro.

A família, que alugou a unidade por 25 anos e deixou de pagar o aluguel, declarou que o corpo era da avó da família, que morreu em 1995, reportou o jornal Tampa Bay Times.

A polícia chegou na quinta-feira para investigar e não acredita que tenha sido um ato criminoso, de acordo com a reportagem.

 

 

Eles irão levar o corpo para uma instituição que providencia serviços funerários para pessoas que não tem condições de paga-los.

O despejo impróprio de um corpo é crime na Florida, mas nenhuma queixa foi apresentada até então.

A polícia não revelou o nome de nenhum familiar envolvido, vivo ou morto.

Sem mais artigos