Um crocodilo suspeito de matar (e comer) pelo menos seis pessoas foi capturado às margens do Lago Vitória, em Uganda. O enorme réptil, de cerca de cinco metros e meio e pesando cerca de uma tonelada, foi pego depois de moradores exigirem que funcionários do governo o capturassem.

Sua última vítima é um pai de família chamado Bosco Nyansi. Farrapos de suas roupas foram descobertos flutuando na água, perto do local em que ele pescava. Nunca mais se teve qualquer notícia sobre o homem.

Acredita-se que o animal, que tem idade estimada de 80 anos, tenha desenvolvido um gosto por carne humana depois de ferir outros pescadores da região. Guardas ambientais usaram um grande pedaço de carne em um gancho por quatro dias até que conseguiram atrair o animal e imobilizá-lo.

Centenas de pessoas da aldeia de Kakira se reuniram para ver o bicho empacotado na caçamba de um caminhão, quando não oferecia mais perigo. Agora, o predador vai para o Parque Nacional de Murchison Falls. Trata-se de um dos maiores crocodilos em cativeiro, pesando apenas 47 quilos a menos do que o detentor do recorde atual: um crocodilo de água salgada capturado nas Filipinas que tem mais de seis metros e meio de comprimento.

Sem mais artigos