A balada está marcada. O lugar parece ser legal, várias garotas bonitas enfeitam a entrada do lugar e o melhor de tudo: open bar de vodca, cerveja, refrigerante e tequila a noite toda. Lá dentro, a música está boa, mas você já deu uma bela exagerada no álcool.

No dia seguinte…

Você acorda e não a faz a mínima idéia de onde está. Ao seu lado, dorme uma mulher, que você também não imagina quem seja. Quando ela acorda e se vira para te dar oi, a surpresa: a mina é um super dragão.

ELA – Bom dia, gatão. Nossa, a noite foi tudo de bom, né?
VOCÊ – Foi, foi… Mas, agora preciso voltar pra casa! (Tentando se esquivar dos beijos dela)
ELA – Ah, gato, mas já? Ainda é cedo e você precisa se alimentar. Afinal, acho que você bebeu demais ontem.
VOCÊ (agora, já começando a se recordar da noite anterior) – Ah, bebi demais, né? Então, preciso voltar pra casa, minha mãe deve estar preocupada.
ELA – Ué, mas ontem você me disse que sua mãe estava viajando.
VOCÊ – Ah, verdade, falei, né? Mas, é que ela volta hoje, sabe?
ELA – Ai, gato, não sei, não. Acho que você está fugindo de mim.
Ela passa a mão sobre o corpo suado, morde os lábios e dá uma reboladinha, achando que é o máximo. E, você fica mais enjoado ainda.
VOCÊ – Imagina se eu faria uma coisa dessas com você. Mas, eu preciso mesmo voltar pra casa.

De lá, você vai direto para casa de um de seus amigos para tentar descobrir o que aconteceu na noite anterior. Chegando lá…

AMIGO – Nossa, olha só quem está aqui: o São Jorge! Salve, salve.
VOCÊ – Velho, me conta o que aconteceu! Eu acordei na cama de um trem hoje…
AMIGO – Você pegou ela ontem à noite e não deixou nem a gente chegar perto pra evitar. Aí, saiu dizendo que ela tinha carro e que ia passar uma noite inesquecível ao lado dela.
VOCÊ – É, inesquecível mesmo, pena que eu não lembro de nada. Só sei que a mina era horrorosa, credo!

“Pior que a gente não lembra mesmo do que aconteceu. Só vemos uma mina bizarra do nosso lado, dizendo que nos ama. Não existe sensação pior que a de você fechar os olhos e ter que apoiar em algum lugar pra não cair pra trás”, diz o vendedor Júlio Barbosa.

Por isso, na hora de beber dê uma maneirada, afinal, além de não fazer bem à saude, pode magoar outras pessoas. Ah, e lembre-se sempre: se for voltar dirigindo, não beba!

Sem mais artigos