Um dentista espanhol foi preso por arrancar de uma paciente uma ponte com vários dentes superiores que havia colocado alguns dias antes, já que a cliente se negou a pagar a quantidade exigida, superior ao orçamento anterior.

O dentista, de 39 anos e que atende na cidade espanhola de Zaragoza, é acusado de ter cometido um suposto crime de lesão corporal que causou sua prisão na sexta-feira passada (08), segundo informaram fontes policiais.

Embora, aparentemente, o dentista tenha orçado o tratamento em 6 mil euros (mais de R$ 15 mil), depois pediu uma quantia maior à paciente, segundo soube a “Agência Efe” através de fontes da investigação.

Devido à falta de acordo, o dentista, que está preso, encaminhou a mulher à sala de tratamentos, onde supostamente lhe arrancou todas as peças dentais superiores que havia implantado dias antes.

O dentista, após ser levado até dependências policiais para prestar depoimento por um suposto crime de lesões, foi libertado.

Dentista arranca dentes de paciente que não queria pagar a mais na Espanha

Sem mais artigos