Um homem do Sri Lanka morreu depois de tentar estabelecer um novo recorde mundial. Janaka Basnayake, de 24 anos, queria ficar conhecido como “o homem que ficou enterrado vivo por mais tempo”, no entanto, a parte do “vivo” não foi concluída. 

 

 

Segundo informações da polícia local, quando o trouxeram de volta à superfície, às 16h, o candidato a recordista estava inconsciente e foi levado direto para o hospital, onde foi declarado morto, assim que chegou. 

A mãe de Janaka disse à impressa local que ele gostava de realizar atos incomuns desde a sua infância, e esse fascínio aumentou depois que passou a assistir filmes. 

Janaka já tinha sido enterrado vivo em outras duas ocasiões. Em uma delas passou duas horas e meia em baixo da terra e, na segunda tentativa, seis horas. Conforme informações do “Daily Record”, não há relatos de um recordista oficial nesta categoria. 

Ele se enterrou no último fim de semana, com ajuda de seus familiares e amigos, em uma vala de 3 metros de profundidade. Janaka estava dentro de um caixão de madeira não selado e foi para debaixo da terra às 9h30 de sábado (03). 

Sem mais artigos