Kolton Smith, de 18 anos, arrancou aplausos – e lágrimas – dos colegas e professores durante a formatura ao caminhar para pegar seu diploma de conclusão do Ensino Médio. Cada passo, porém, era uma vitória para o jovem: há menos de um ano ele sofreu um acidente de carro que o deixou paralisado da cintura para baixo.

No palco, seu antigo técnico de futebol americano o acompanhou com a cadeira de rodas, que não foi necessária. Por mais de um minuto, Smith foi ovacionado de pé pelos outros estudantes, que o aplaudiram durante todo o trajeto.

“Quando subi no palco ouvi todos gritarem e fiquei ‘uau!’ Eu só sorri, não consegui fazer mais nada”, contou Smith ao noticiário ABC Action News.

O jovem sofreu um acidente de carro em Junho do ano passado, quando perdeu o controle de seu veículo e foi arremessado para fora da caminhonete. “Se eu estivesse usando o cinto de segurança, isso não teria acontecido”.

Anteriormente, era jogador de futebol americano pelo colégio e tinha o sonho de entrar para o exército. Agora, Smith pretende se formar em administração e afirmou não “viver do passado ou com arrependimentos”. “Eu agradeço a Deus todos os dias por me deixar ficar na Terra”, afirma.

Sem mais artigos