Uma ilha que era usada como fábrica de gases tóxicos para o Exército Imperial Japonês se transformou em um paraíso para coelhinhos fofos.

Parte do município de Hiroshima, a ilha Okunoshima foi usada até 1945 como produtora de gases letais que eram usados na guerra e mataram uma cacetada de chineses, entre outros inimigos.

Depois de ser desativada por motivos de segurança, a ilha recebeu os coelhos de uma escola de Takehara, que não conseguia mais cuidar de tantos animais. Hoje a ilha tem cerca de 300 coelhos, um hotel, alguns contêiners de gás e uma usina.

O hotel Kyukamura passou a receber muitas visitas depois que os coelhos tomaram conta do local. Um crescimento acima das expectativas também foi perceptível no outono de 2010, quando a balsa que liga Okunoshima à cidade de Takehara recebeu quase o dobro de passageiros em novembro.

Um concurso de cartões de Ano Novo foi organizado pelo hotel, e o prêmio é um título (falso) de residente da ilha. Segundo o horóscopo chinês, que também é adotado por muitos orientais, 2011 é o ano do coelho. Isso explica o aumento de visitantes.

A gente só está torcendo pra que nenhum desses coelhinho se contamine com restos dos gases e vire um Godzilla peludo. Se bem que se um dia isso acontecer no Japão os olhos puxados de lá vão descer o cacete no bicho com um robô gigante voador com uma espada super-sônica.

Mas sério, quem aguenta com essa galerinha fofa pedindo comida?

Sem mais artigos