O fazendeiro Brian Watson, de 67 anos, encontrou um verdadeiro rato gigante em sua propriedade em Contry Durham, na Inglaterra. O animal, que mais parecia um cachorro, media 1,22m do focinho ao rabo e foi morto à pancadas.

 

“Ele não estava se movendo muito rápido. Acho que estava grávida. Dei-lhe uma boa surra, pois tenho pavor de ratos e esse era enorme”, disse o homem ao “The Sun”. 

O pavor do fazendeiro foi tanto que, não satisfeito em matar o bicho à pauladas, ainda colocou fogo no corpo, para ter certeza de que o gigante não irá mais rondar suas terras. 

Sem mais artigos