Sabe aquela história do cara alemão que cortou vários objetos de valor pela metade, depois de se separar, para vender os objetos destruídos no eBay? Pois é. Era tudo uma campanha de um site que ajuda pessoas a encontrarem advogados. Sim, nós também fomos enganados e ficamos com uma baita duma réiva (como diria Adoniran Barbosa).

A história compartilhada internet afora era de que Martin G. teria se divorciado de sua mulher, Laura, depois de 12 anos de casamento. Desgostoso com a briga judicial, ele teria destruído vários bens do casal, como um iPhone 5, um urso de pelúcia, uma caixa de correio, um carro, uma televisão e um laptop.

O site em língua alemã Suddeutsche Zeitung afirma: “Era uma campanha de marketing de guerrilha do site German Lawyer. O objetivo era atrair pessoas para escritórios de advocacia, para que eles fossem aconselhados em relação a possíveis divórcios e se protegessem legalmente”.

Sem mais artigos