A britânica Claire Lennon tinha o costume de deixar seu galo de estimação empoleirado em seu ombro, até que um belo dia o penoso bicou sua orelha, arrancou e engoliu um lindo brinco de diamantes… Agora a mulher, de 38 anos, precisará esperar por cerca de oito anos – estimativa de vida do animal – para obter a joia de volta.

Segundo reportagem do “Daily Mail“, o brinco de £ 300 (em torno de R$ 1.115) foi presente do marido de Claire, Adam, e agora repousa na barriguinha de Sarah, o galo, que apesar do nome de galinha é macho e tem de seis meses de idade.

Conforme a dona dos brincos, que vive em Berkshire, próximo a Newbury, no Reino Unido, ela sentiu uma dor súbita e aguda em seu lóbulo da orelha, só logo percebeu que Sarah tinha engolido a joia. Ela e o marido passaram dias e mais dias observando o piso da gaiola onde o galo fica, esperando que o brinco saísse por vias naturais, mas nada aconteceu.

“O veterinário disse que só pode recuperar o brinco se matar Sarah, mas isso vai deixar minha filhinha de seis anos, Mia, arrasada. Então, nós vamos ter que esperar até que o bichinho envelheça e morra, o que deve acontecer em mais ou menos oito anos. Só aí terei meu brinco de volta”, diz Claire.

Durante a consulta no veterinário foi constatado que o diamante não estava preso na goela do galo, mas ficou preso dentro do estômago e não sairá de lá sem uma cirurgia, que pode ser fatal. O especialista também explicou que o ouro branco e a platina que compõem a peça serão desintegrados e triturados pela areia e outras coisas que as galinhas comem, mas o diamante permanecerá intacto, pois é muito duro. Resta aos donos esperarem…

“Estamos mantendo os dois olhos em cima de Sarah agora, para ter certeza de que não seja apanhado por uma raposa e o diamante desapareça para sempre. É uma pena ter perdido o brinco, porque era um objeto que significava muito para mim, tinha um valor sentimental. Mas nós não podemos arriscar nada que possa acabar com a vida do galo. Pelo menos sabemos onde o brinco está e que, um dia, vou recuperá-lo”, contenta-se Claire.

Sem mais artigos