Não, não descobriram um plágio do diretor Riddley Scott nem uma evidência que eram os deuses astronautas. Apesar de surpresa inicial sobre como uma gárgula em formato do personagem principal do filme “Alien” foi parar em uma abadia escocesa do século 13, veio a explicação: uma restauração na década de 90 mudou a forma original das antipáticas estátuas.

As fotos da incomum gárgula da abadia histórica viralizaram após um fotógrafo mais observador ter percebido que uma das gárgulas era a cara do monstro dos filmes. A igreja fica na cidade de Paisley Abbey perto de Glasgow.

O reverendo Alan Birss foi o encarregado de encerrar as especulações ao revelar que a maioria das gárgulas foram substituídos durante uma remodelação no início de 1990. Ele acredita que um dos pedreiros devem ter tido um pouco de diversão ao fazer a estatueta como uma homenagem ao filme.

Birss disse ainda ao “Daily Mail” que as 12 gárgulas medievais de centenas de anos tinham “esfarelado e estavam em um estado muito ruim”. Uma pesquisa na internet mostrou que alguém havia apontado a semelhança já em 1997. Apesar de apenas uma gárgula parecer que escapou de um filme de ação, as outras novas são igualmente aterrorizantes.

Fãs do filme de todo o Reino Unido expressaram sua alegria com a descoberta no TwitterRichard Aird escreveu: “Brilhante! Gárgula na Abadia de Paisley se assemelha a um ET do filme “Alien”. Outro usuário, chamado Redhead, tuitou: “Abbey Paisley. Uma gárgula alienígena! Aparentemente, adicionada durante o trabalho de restauração na década de 80! BRILHANTE!”.

Sem mais artigos