A polícia da Pensilvânia, EUA, está à procura de um casal que mantinha seu filho de 7 anos preso num porão e obrigava o menino a usar fraldas e dormir num caixão. Os policiais encontraram o garoto depois de os vizinhos o ouvirem gritar e chorar.

Segundo relatos das autoridades, o pequeno foi encontrado próximo à porta do porão, chorando muito por estar com fome. O lugar onde estava era escuro, cheio de insetos  e conforme o menininho relatou, “tinha fantasmas”. 

LEIA MAIS: Menina come lâmpadas e tijolos como se fossem biscoitos

O padrasto e a mãe da criança o prendiam ali diversas vezes como forma de punição. Ele contou que foi obrigado à dormir no caixão e que, em algumas ocasiões, o padrasto fechava a tampa da urna com fitas adesivas para que não pudesse sair. 

Além dos insetos, como moscas e carrapatos, a polícia ainda viu um banheiro quebrado no porão, que foi classificado como inseguro e inapropriado para a habitação humana

O menino foi encaminhado para um abrigo e os pais, Lori Gardner e Sleboda Brian estão sendo procurados sob acusação de pôr em perigo o bem-estar da criança.  

Sem mais artigos