Um crime na Escola Municipal Alcina Dantas Feijão, em São Caetano do Sul, chocou o país nesta quinta-feira (22). Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura da cidade, DMN, aluno de 10 anos, atirou contra a professora e se matou depois.

O crime aconteceu na sala de aula por volta das 15h50. De acordo com a assessoria, a professora Rosileide Queiros de Oliveira, de 38 anos, foi atingida na região lombar. No momento dos disparos, outros 25 alunos estavam na sala de aula.

Logo após atingir a professora, o menino deixou a sala e disparou duas vezes contra a própria cabeça. O garoto foi encaminhado para o Hospital de Emergência Albert Sabin, mas não resistiu aos ferimentos e morreu às 16h50.

O estado de saúde da professora, que foi retirada do local pelo helicóptero Água da Polícia Militar, não foi divulgado.

Especula-se que o menino é filho de um membro da guarda municipal e tenha pego o revólver do pai escondido.  

Sem mais artigos