Quem?!?! Dançarina, modelo, capa da revista Sexy de dezembro e esposa do cantor Belo

CORPO ESCULPIDO
Emílio: Dona Gracyanne, você está…
Pior: Exuberante?
Emílio: Não é nem exuberante, é uma coisa assustadora. Como é que o Belo aguenta? Aliás, manda um abraço pra ele porque ele é muito bacana.
Gracyanne Barbosa: Ele aguenta. Se tiver que dar varais voltas, ele dá! Ele cumpre bem o papel.
Emílio: Mas ele aguenta mesmo?
Gracyanne Barbosa: Aguenta! Senão eu não estaria com ele, né?!
Emílio: Não é possível, não é possível. Você se transformou em uma mulher que não existe outra igual.
Gracyanne Barbosa: Não, gente! Eu sempre fui assim. Em 2007, quando eu vim aqui, eu era do mesmo jeito.
Davis: É mentira.
Amanda: Não, não. Sua bunda está diferente. Eu notei. Tem alguma coisa ai.
Gracyanne Barbosa: É que agora a gente se cuida mais. Com mais dinheiro as coisas ficam mais fáceis. Mas o corpo é o mesmo.
Emílio: Mas você faz um trabalho de esculpir o corpo.
Gracyanne Barbosa: É. Eu sempre fui adepta de esportes, sempre fui atleta e depois comecei a fazer musculação. E realmente eu gosto de esculpir o corpo. Mas eu malho mais por saúde e porque gosto do que por estética.

ACEITAÇÃO
Emílio: Mas você não acha que isso assusta os homens?
Gracyanne Barbosa: Não, acho que não.
Emílio: Você acha que não, então?
Gracyanne Barbosa: Eu acho que tem gosto pra tudo. Tem homem que não gosta e eu super respeito essa opinião. Aliás, como eu sempre fui assim, sarada, eu recebo várias críticas desde quando comecei a dançar no Tchakabum. Então, tem gente que não gosta, sim. Mas, hoje em dia, graças a vocês também, porque as panicats são todas gostosonas e saradas…
Emílio: Mas as panicats não chegam aos seus pés.
Gracyanne Barbosa: Ah, teve uma que sim. Que tem um “puta” corpão.
Davis: Quem?
Gracyanne Barbosa: A Juju. A Juju tem um “puta” corpão.
Emílio: A Juju? Mas não é assim. Você ta brincando.
Carioca: Ela é amadora.
Gracyanne Barbosa: Enfim, tem gente que gosta e tem gente que não gosta. Eu gosto e tenho conseguido muitos trabalhos graças ao meu corpo.

ALIMENTAÇÃO
Emílio: Mas o teu negócio é só malhação!
Gracyanne Barbosa: Eu malho há 18 anos…
Emílio: E todo dia você vai lá.
Gracyanne Barbosa: Isso, diariamente.
Amanda: Sete horas por dia.
Gracyanne Barbosa: Não, eu malho uma hora, 50 minutos. Porque, na realidade, a malhação é só 30%. O que funciona mesmo é uma boa alimentação. Eu me alimento de três em três horas, não como sal, não como açúcar, não tomo refrigerante, não tomo queijo… Tem todo um conjunto. As pessoas pensam: “Ela vai para a academia e malha três horas por dia.” Sendo que tem muita coisa por trás disso.
Carioca: Você abre mão de muita coisa para poder chegar onde quer.
Emílio: Disciplina.
Gracyanne Barbosa: Isso. Tem que ter uma boa disciplina.

Sem mais artigos