Estas pinturas enormes são obra de um grafiteiro chinês que percorre as ruas mundo deixando suas obras pelas aredes.

DALeast, como é conhecido o grafiteiro, nasceu na China e vive na África do Sul, mas passa seis meses do ano viajando para realizar suas obras através do mundo.

Seus grafites incomuns, que têm, às vezes, centenas de metros, podem parecer 3D ao olhar e, até mesmo, parecer que foram criados a partir de milhares de minúsculos fragmentos de metal. Efeito que o grafiteiro chinês atinge apenas com o uso da tinta spray.

As obras de DALeast podem ser vistas na Cidade do Cabo, Miami, Nova York e Brick Lane, em Londres, bem como em diversos lugares da China.

O rapaz de 29 anos, cujo verdadeiro nome mantém em segredo, diz que tem contato com a arte desde seus três anos. “Eu trabalhei em tudo quando eu estava na China – pintura, escultura, instalações e arte digital –; mas só comecei a pintar em espaços públicos em 2004”, disse ao Dailymail

DALeast, vive com sua esposa, também artista, em Cape Town, e disse criar suas peças “Espiritualmente, na mente” antes de embarcar em suas viagens para grafitar.

Muitos dos seus trabalhos retratam animais selvagens, geralmente os caçadores e em movimento.

A natureza de seu trabalho já o colocou em apuros: pouco antes das Olimpíadas de Pequim de 2008, ele e seus amigos grafiteiros foram presos, quando a polícia chinesa invadiu a casa em que estavam hospedados.  

“A vida sempre traz problemas, e meu trabalho me dá muito mais oportunidades de trombar com problemas. De qualquer situação pode surgir um quando você trabalha em espaço público”, refletiu. 

“O meu desejo é criar ilusões pelas minhas pinturas que sejam capazes de ser um estopim na mente das pessoas”, disse sobre seus grafites. 

E acrescentou: “Eu gostaria de expressar emoções da vida e do ambiente através do uso de diferentes formas artísticas para isso. Eu prefiro as pessoas olhando para o meu trabalho, sem dizer qualquer palavra – isso significa que eles estão levando isso para dentro”, concluiu.

Sem mais artigos