William Hodges, 33 anos, estava navegando no Golfo do México em um barco de pesca de caranguejos de 17 pés quando ficou sem combustível. Ele decidiu então discar 911 e pedir ajuda.

Péssima ideia.

Acontece que praticamente ao mesmo tempo em que Hodges estava pedindo ajuda, a I. C. Sharks Companhia de Frutos do Mar de São Petesburgo estava em contato com a Guarda Costeira dizendo que alguém havia roubado um de seus barcos de pesca de caranguejos de 17 pés.

LEIA TAMBÉM: Casal de turistas encontra na Espanha dupla que roubou seu carro na Bélgica

As autoridades disseram que “William ligou pedindo combustível, dizendo que estava sem nenhum e a cerca de uma milha do leste da Ilha Weedon. Coincidentemente também havia outra ligação de uma queixa de furto de barco praticamente ao mesmo tempo”.

A Guarda Costeira chegou em minutos e alguns momentos depois William foi preso sob acusação de furto.

Sem mais artigos