A experiência de Thomas Fleetwood, 58 anos, ensina que uma das piores ideias que uma pessoa pode ter é utilizar o elevador de um prédio vazio… e sem o telefone celular. O sueco ficou quatro dias preso em um aparelho, sem comida nem água, dentro de um hotel na Áustria. Ele diz que sobreviveu graças ao treinamento militar que recebeu em seu país de origem.

“O elevador nunca havia quebrado antes, e eu simplesmente não esperava que isso acontecesse”, disse Fleetwood, em entrevista ao site Daily Mail. Ele é proprietário do resort de esqui em que o Hotel Eden está localizado e se encontrava sozinho no local.

“Foi tolo ter entrado no elevador em um hotel vazio, sem um telefone celular. Mas estou orgulhoso de mim mesmo por não ter entrado em pânico e por ter utilizado meu treinamento militar”, admitiu o empresário, que abriu um pequeno buraco no elevador para poder respirar.

Fleetwood foi resgatado graças a um amigo, que viu a correspondência acumulando em frente ao hotel e decidiu entrar com uma chave reserva para ver se o proprietário do estabelecimento estava bem. Ele chamou os bombeiros depois de encontrar Fleetwood preso.

Sem mais artigos