A polícia do estado do Texas investiga se um homem vestido de Papai Noel teria matado seis familiares e depois se suicidado em um apartamento na cidade de Grapevine, informaram nesta segunda-feira (26) fontes oficiais.

O tenente Todd Dearing afirmou que as autoridades tentam esclarecer a sequência de eventos que levaram ao caso policial mais sangrento da história de Grapevine, município de 46 mil habitantes localizado na região metropolitana de Dallas.

LEIA TAMBÉM: Casamento proibido leva amantes ao suicídio

Os corpos baleados de quatro mulheres e três homens – as idades das vítimas não foram reveladas – foram encontrados em pleno Natal depois que a polícia recebeu um telefonema de emergência.

As sete pessoas “eram parentes por sangue ou casamento”, e no apartamento, onde viviam três delas, havia duas armas, afirmou Dearing. Ainda segundo o policial, os corpos estavam em torno de uma árvore de Natal e perto de caixas com presentes.

“Não sabemos se (o suspeito) estava com eles ou chegou mais tarde”, disse Dearing sobre o homem que as autoridades acreditam ser o autor do massacre. 

Sem mais artigos