Quatro homens foram queimados vivos no estado de Bengala, no leste da Índia, e a polícia suspeita que o fato tenha ocorrido durante um enfrentamento entre dois grupos de contrabando de gado, informou nesta segunda-feira (3) uma fonte oficial. “Suspeitamos que o incidente aconteceu após uma discussão entre dois grupos de traficantes de gado. Mas não podemos assegurar”, disse o delegado da zona, Jagmohan, ao jornal “Times of Índia”

O enfrentamento entre os dois grupos de contrabandistas aconteceu aparentemente no domingo na cidade de Balaram Jote, perto da fronteira com Bangladesh, e as forças de segurança lançaram uma operação para capturar os culpados. Os corpos não foram identificados.

A fonte afirmou também que os choques entre grupos de contrabandistas de gado são comuns, mas não são frequentes atos tão brutais. O tráfico de gado é comum nos distritos indianos fronteiriços com Bangladesh. Os contrabandistas roubam bovino na Índia, onde não se consome a carne por conta de seu caráter sagrado, e o transportam a Bangladesh, em algumas ocasiões passando o gado por cima da cerca que separa ambos os países.

Sem mais artigos