Steve Morris, 60, é um engenheiro de precisão de Weymouth, Inglaterra que fez um financiamento de £10mil (aproximadamente R$26mil) pra comprar um torno e acabou não conseguindo pagar. Da mesma forma que aqui, a cobrança na Inglaterra é severa; foi então que Morris passou a ser incomodado por cobradores batendo na sua porta, ligando e mandando dezenas de correspondências.

Foi então que ele resolveu se mudar. Mas pra onde ir sem dinheiro? O destino foi o jardim de casa.

Ele passou um ano morando em um abrigo no jardim pra fugir das cobranças que só aumentavam. “Os cobradores acharam que eu havia abandonado a casa e trocaram as fechaduras” relembra Morris.

Depois de um ano nessa situação, um serviço de ajuda chamado Citizens Advice Rural Dorset Service deu uma mãozinha e conseguiu congelar as dívidas e a parcelar o pagamento delas em leves parcelas. “Sem eles eu estaria sem minha casa e teria perdido tudo” diz o engenheiro que já voltou pra sua confortável casa de três quartos.

Sem mais artigos