A japonesa Misao Okawa, de 114 anos, foi reconhecida oficialmente nesta quarta-feira (27) pelo “Guinness World Records” como a mulher mais velha do mundo, informou o jornal local “Yomiuri“.

Misao, que mora em Osaka e completará 115 anos no próximo dia 5, se casou em 1919 e teve três filhos, dois deles ainda vivos e com idades que beiram os 90 anos.

A nova recordista nunca sofreu qualquer doença grave e assegura que o segredo para a longevidade é comer de maneira saudável. Ao receber o reconhecimento por parte de uma representante do “Guinness”, ela brincou: “Vivi tanto? Que estranho!”.

Como faz todos os dias, Misao se levantou às 7h e, após tomar um café da manhã à base de pão, verduras e um doce, deu um passeio em sua cadeira de rodas, detalhou o jornal “Yomiuri”.
Misao assumiu o recorde de longevidade feminina após a morte, em janeiro passado, da também japonesa Koto Okubo, que tinha 115 anos.

O Japão conta ainda com a pessoa mais velha do mundo todo, Jiroemon Kimura, que vive em Kioto e completará 116 anos em abril. 

Sem mais artigos