Javalis selvagens foram os responsáveis por frustrarem os planos de traficantes da Toscana, na Itália. Em uma escuta telefônica, a polícia ouviu os criminosos reclamando que os animais teriam encontrado, cheirado e destruído uma carga de cocaína avaliada em £ 17 mil.

De acordo com o jornal Metro UK, as autoridades acreditam que os traficantes enterraram a droga no Vale de Chiana, na Toscana, para não ser apreendida pela polícia. No entanto, ela acabou sendo desenterrada pelos animais. Os policiais não informaram quais foram os efeitos colaterais nos javalis.

Os grampos telefônicos levaram à detenção de três albaneses e um italiano. Dois acusados permaneceram presos e outros dois mandatos de prisão foram emitidos.

A quadrilha é apontada como a responsável por fornecer drogas para clubes noturnos da cidade de Arezzo.

Sem mais artigos