Uma patacoada, é como pode ser definido o assalto realizado em Curitiba no dia 31 de dezembro. O ladrão entrou em uma loja de fotografias, pediu para tirar uma foto 3×4 e, depois do retrato pronto, anunciou o assalto. 

O homem levou R$ 340,00 que estavam no caixa e alguns pertences de clientes que estavam no local. Quando estava se preparando para fugir, lembrou da pista que havia deixado e entrou em desespero: tentou quebrar o monitor do computador onde as fotos são visualizadas e uma câmera. No entanto, a prova do crime ficou salva no cartão de memória do equipamento.

Em entrevista ao “G1”, o delegado que está cuidando do caso, Amarildo Antunes, alegou se tratar de um amador. “Ele foi muito amador e trapalhão. Não vejo outras palavras para classificar o assaltante. Acho que ele tem que mudar de ramo porque como assaltante não vai longe”, disse Antunes.

A foto do acusado foi divulgada nesta quinta-feira (10), mas ainda não há notícias sobre seu paradeiro. Caso alguém reconheça o foragido, basta entrar em contato com a Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba no telefone (41) 3218-6100.

Sem mais artigos