O chifre de um rinoceronte de fibra de vidro de uma fazenda e reserva natural sul-africana foi roubado por um pretenso caçador.

 

O ladrão primeiro tentou entrar na fazenda para roubar o dinheiro do caixa e um armário.

Quando isso não funcionou, ele saqueou o bar, puxou uma cabeça de rinoceronte sintética de seu suporte na parede e serrou fora seu chifre.

Quando chegamos na casa de hospedes na manhã seguinte estava a cabeça de lado no chão, sem chifre” disse Susan Lottering, dona da fazenda.

Com o apelido de “Barendina”, o modelo de fibra de vidro comemorava o primeiro rinoceronte trazido à reserva. A fazenda tem um programa de reprodução de rinocerontes e antílopes.

Os donos planejam ter o chifre Barendina arrumado, mas o modelo já foi requisitado para doação para uma escola de crianças carentes na capital Pretoria.

Chifres de rinoceronte são saqueados por sindicatos internacionais que leval eles para o tradicional mercado médico asiático, onde acreditam que a substância da qual são compostos tem propriedades curativas.

Sem mais artigos