Kyle Cumming, um menino de 3 anos, estava brincando no quintal de sua casa, em Townsville, na Austrália, quando encontrou alguns ovos e mostrou imediatamente para sua mãe. Contente com a perspicácia do pequeno, a mulher achou uma boa ideia guardar os ovos no armário do menino. No entanto, mal sabia ela que eram ovos de cobra marrom e que seu ato colocaria a vida do seu filho em risco.

A dona de casa encerrou os ovos em um vasilhame transparente com tampa, que por sua vez, foi guardado dentro do armário do garoto. Três semanas depois, quando o armário foi aberto, qual não foi a surpresa quando sete cobras marrons foram encontradas no vasilhame, pra lá de vivas e com muita fome!

Sete ovos eclodiram; dentro deles, sete serpentes

Depois de passado o susto, Kyle e sua mãe levaram as cobras para um santuário, onde as serpentes foram devolvidas à natureza. De acordo com especialistas, os animais encontrados no armário do menino australiano são extremamente venenosos e poderiam tê-lo matado facilmente se tivessem escapado do frasco, ou mesmo se o garoto resolvesse brincar com elas.

Bastante comuns na Austrália, são as segundas serpentes mais venenosas do mundo e responsáveis pela maior parte dos acidentes fatais com cobras na Austrália. Apenas 0,002 g do veneno da cobra marrom pode matar um adulto e mesmo filhotes têm veneno suficiente para matar uma pessoa. 

Mãe cria ovos de cobra no armário de filho de 3 anos sem saber

Sem mais artigos