Há apenas quatro meses os médicos não sabiam se a pequena Scarlett Shaw, de três anos, sobreviria. Ela foi atropelada por um trem a 160 km/h quando estava no colo de seu pai, que caminhava na beira dos trilhos com ela nos braços no Reino Unido.

O pai, Richard, infelizmente, não sobreviveu, mas a menina foi encontrada por um guarda, que percebeu que ela ainda respirava e chamou rapidamente uma ambulância. 

LEIA TAMBÉM: Menina chinesa atropelada e ignorada por pedestres é mantida viva no hospital

A garotinha passou por uma cirurgia de 13 horas em suas pernas e braços, além de precisar receber enxertos de pele. Passado o susto e as horas de agonia da mãe – que passou 45 dias ao lado da cama da filha no hospital –, Scarlett está se recuperando bem e reaprendendo a andar, agora com uma “gaiola” em uma de suas pernas para dar sustentação. 

Ainda não se sabe por que o pai andava com a menina tão próximo à linha do trem, mas a mãe, que era separada de Richard, não acredita que ele estivesse tentando matar os dois. A polícia investiga o caso. 

Sem mais artigos