Um dos únicos exemplares existentes de uma moeda de um centavo feita nos Estados Unidos em 1793 foi vendido num leilão realizado na Flórida por US$ 1,38 milhão.

Esse foi o maior valor já pago por uma moeda desse valor. “Trata-se de um centavo de cobre muito raro. Só foram cunhados poucos exemplares da moeda. O exemplar que foi vendido, que nunca circulou no mercado, estava em condições excepcionalmente boas”, disse nesta segunda-feira (09) à Agência Efe, Tony Swicer, presidente da Flórida United Numismatists, organização responsável pelo leilão ao lado da casa especializada Heritage Auction.

LEIA TAMBÉM: 84 mil moedas de 1 centavo viram centavão em obra de arte

Swicer afirmou que o valor alcançado foi o maior já pago por um centavo americano. Ele disse ainda que não sabia porque a moeda nunca entrou em circulação. O exemplar foi cunhado no mesmo ano em que os EUA começaram a produzir suas próprias moedas.

O leilão foi realizado em Orlando, durante a convenção anual da Flórida United Numismatists, considerado o maior congresso de numismática dos EUA, “Não sabemos quem comprou o centavo. É segredo”, disse Swicer, que acrescentou que sua organização desconhecia a origem da moeda. “É provável que pertença a algum grande colecionador de moedas”, opinou.

Para ele, a moeda é “linda e única”. Swifer explicou que só existem cerca de dois mil exemplares do centavo. “Se eu tivesse dinheiro, compraria a moeda por esse preço. É caro, mas tem gente que faz tudo para ter o melhor”, ressaltou.

Cunhado na Filadélfia, o centavo pertence à série “Chain Cent“, a primeira de moedas de um centavo na qual aparece a figura de vários anéis, que representariam a solidariedade entre os estados dos EUA.

A moeda tem quase o mesmo tamanho de uma de 50 centavos de dólar usada atualmente, com 26 milímetros de largura e 27 de altura. Outras moedas do tipo, em pior estado de conservação, foram vendidas por até US$ 10 mil.

Sem mais artigos